Archive for setembro, 2018

Inglês

Pejorative terms for people – Jack Scholes

terms

SLEAZEBAG PESSOA DESONESTA, IMORAL, INESCRUPULOSA; SAFADO, SACANAHe’s a real sleazebag.Ele é muito safado.Sleazebag vem da palavra sleazy, que significa sujo, desonesto, imoral.Também se diz sleazeball ou sleaze. A PAIN IN THE ASS/BUTT (US) UM PÉ NO SACOShe’s a pain in the ass!Ela é um pé no saco!A pain in the ass, ao pé da letra …

Inglês Interesse Geral

Escrev@ e comunique-se pela internet – Maria de Fátima

internet

Escrever é poder visualizar pensamentos e sentimentos, eternizar planos ou intenções… Pode ser uma experiência maravilhosa para aqueles que se arriscam e frustrante para aqueles que não tentam… Como o e-mail pode nos ajudar a estimular alunos relutantes a escrever e aprimorar esta habilidade tão importante? Neste post compartilharei minha experiência, baseada neste assunto, com …

Inglês Interesse Geral

A Musicalidade do Empoderamento Feminino em Sala de Aula – Rodolfo Mattiello

feminino

Infelizmente, vivemos num país em que as mulheres sofrem muito com o comportamento inadequado de muitos homens e, até mesmo, de outras mulheres. Como professores, faz parte de nossa responsabilidade abordar esse assunto com maturidade em sala de aula. Na posição de professores de línguas, somos responsáveis por levar aos alunos materiais atuais em língua …

Inglês

Design Thinking Activities by Jane Godwin Coury

Design Thinking in education is taking off worldwide as an effective way to come up with solutions in schools, institutions and communities. It is an opportunity for teachers and leaders to foster active problem solving within the environments they work in involving students and members of the community. Let’s take a practical example to illustrate …

Bilinguismo Inglês Interesse Geral

It depends on the context (e por que isso é bom?) – Thiago Silva

It depends on the context: essa velha conhecida frase pode representar muito mais do que o senso comum. Uma das acepções de contexto, segundo o dicionário Michaelis é: “aquilo que constitui a totalidade do texto”. Ora, podemos, então, afirmar que uma ideia só é completa em relação àquilo que almeja comunicar quando contextualizada? Nessa conjuntura, …