header

 

A alfabetização é o desenvolvimento da consciência e entendimento a respeito das letras e de seu funcionamento. Ou seja, a criança compreende o código do alfabeto e é capaz de utilizá-lo mecanicamente, lendo e escrevendo. A concretização e a sistematização da alfabetização acontecem na escola, na instrução formal. É o puro ato de ler e escrever. Esse processo ocorre tradicionalmente a partir do primeiro ano do Ensino Fundamental, quando as crianças tem entre 6 a 8 anos.

Jaeger (2003) define letramento como “ o conjunto de práticas sociais ligadas à escrita e à oralidade, em contextos e para objetivos específicos”.  O letramento é o entendimento de que a leitura e a escrita desempenham funções sociais, presentes nos diferentes ambientes frequentados pela criança. É a compreensão de que a leitura e a escrita estão presentes nos mais diversos âmbitos do cotidiano e que são ferramentas sociais importantes que exercem diversas funções. O letramento deve ser introduzido na realidade escolar já no Ensino Infantil, antes da alfabetização em si.

No letramento, percebe-se que as práticas discursivas escolares que valorizam o saber dizer e o falar bem resultam na capacidade de explicitação verbal do raciocínio, de verbalização do conhecimento e de processos envolvidos nas tarefas

Hoje, tão importante quanto conhecer o funcionamento do sistema de escrita é poder se engajar em práticas sociais letradas, respondendo aos inevitáveis apelos de uma cultura grafocêntrica. Assim:

Uma vez que, ao ser exposta a dois idiomas, a criança é estimulada a compreender o funcionamento de ambas as línguas como ferramenta social, suas especificidades e características ela tem contato com o biletramento.

O biletramento está associado ao desenvolvimento de habilidades relacionadas à função social de dois idiomas e com o enriquecimento proporcionado com a ampliação do repertório cultural, social e acadêmico. A criança entende, portanto, como cada idioma é utilizado nas comunidades onde estão presentes, as características específicas de cada um e a forma como são utilizados e interpretado.

            O biletramento é a melhor escolha no  mundo de hoje para qualquer criança, pois significa que, ao ter aulas em dois idiomas (e não apenas de dois idiomas, como nas escolas de idiomas), o estudante conseguirá adquirir naturalmente a habilidade de fazer uso pleno (e não apenas instrumental) dos dois idiomas.

 

Ref:

JAEGER, E. V. Letramento: perspectivas e implicações para a educação. São Paulo, nº 02, pp. 33-40. 2003. Revista Dialógica

Juliana Teixeira
Graduated in Biology and Pedagogy, she has been working as an English teacher since 2006. She has worked with ESL at well known language institutes with children, teens and adults. Juliana is part of bilingual education team at Colégio Renascença and works as a teacher and coordinator at Global Coaching Idiomas.