Relação traz títulos de Machado de Assis, Shakespeare e estratégias de aprendizagem

 

Estudar para as provas do vestibular é o que mais assusta os candidatos, que muitas vezes não sabem por onde e com o que começar – principalmente para os exames que carregam a fama de os mais difíceis. Embora a maioria dos alunos se prepare com cursinhos e horas exaustivas de estudo, a leitura é uma boa aliada nesse momento,se direcionada ao que é preciso.

Os principais vestibulares do País, como Fuvest e Unicamp, iniciam a primeira fase de seleção no fim de novembro e, com o objetivo de auxiliar aqueles que se preparam para buscar uma vaga na faculdade, editora se preocupou e separou uma lista de livros que podem ajudar o estudante a repassar pontos importantes nesta reta final, de
clássicos da literatura a títulos voltados para métodos de aprendizado.

Para o diretor da Disal Editora (responsável pela seleção) José Bantim Duarte, o mais importante é que o catálogo é dividido entre materiais especializados para o ensino de idiomas no Brasil e livros de interesse geral. “Neste segundo segmento, percebemos que alguns títulos fazem muito sentido para estudantes em fase de vestibular, Enem (ExameNacional do Ensino Médio), ou que prestarão concurso em diversas áreas. São livros clássicos, com trechos e passagens historicamente muito
utilizados em questões de Literatura ou Português. Machado de Assis, por exemplo, é praticamente certo.”

Para Duarte, como o volume de material que os estudantes precisam conferir e absorver até as provas é muito grande, a organização faz toda a diferença. Portanto, a intenção é apontar e recomendar conteúdos que devem fazer parte do plano de estudos. “Desta maneira o estudante ou candidato consegue ter uma visão mais objetiva e considerar materiais que, talvez, passassem despercebidos ou melhorar a maneira como estudam com técnicas elaboradas por especialistas.”

 

Matéria originalmente publicada no caderno “Vestibular” do Jornal Diário do Grande ABC do dia 21 de Novembro de 2017