Foto - Trilha

 

 

 

Não é sobre chegar no topo do mundo
E saber que venceu
É sobre escalar e sentir
Que o caminho te fortaleceu

Este trecho é da bela canção de Ana Vilela chamada Trem Bala. Caso ainda não tenha escutado, fica como uma sugestão pessoal. Ele nos lembra que alcançar um determinado objetivo não pode nos cegar quanto às belezas e experiências do caminho. Traçando um paralelo com o ensino de idiomas, o foco ajuda o aluno a manter-se na trilha e o motiva a seguir adiante mas as aulas devem igualmente representar momentos de prazer.

“Chegar ao topo do mundo” no nosso caso pode ser entendido como o aluno apropriar-se do novo idioma, torna-lo parte integrante de si de forma que não haja mais fronteiras entre o seu mundo e este novo pois ele agora é capaz de se comunicar com ambos. O topo do mundo não é um lugar egoísta com espaço para apenas um. É aquele lugar acessível a cada um de nós, mas que demanda a decisão de iniciarmos o caminho rumo a ele. É onde devemos querer chegar pois sabemos que de lá de cima a vista é daquelas que merecem o adjetivo breathtaking e sem dúvida vale a pena.

Sabemos que há inúmeros caminhos que levam à fluência e que eles podem variar bastante não só em termos de tempo e nível de dificuldade mas também em relação ao tipo dessa experiência. A educação bilíngue é uma destas trilhas. Nela os alunos têm a oportunidade de sentir que este novo idioma se constrói e se fortalece nos conteúdos e conhecimentos trilhados também em outros caminhos que, por sua vez, contribuíram para que o aluno chegasse até aqui e que o auxiliarão durante todo o trajeto. Uma escalada bem sucedida conta com diferentes habilidades físicas e emocionais. O aprendizado da segunda língua também não ocorre de forma isolada e isso é bom.

As aulas, em uma proposta de educação bilíngue, devem zelar por proporcionar essa experiência prazerosa e significativa ao aluno. Fazer uso de recursos lúdicos facilita a participação dos alunos e traz descontração. Propor desafios traz ganhos na motivação e favorece a cooperação. Cada passo deste trajeto concilia conteúdo com linguagem, ou seja, trata dos temas das demais áreas do conhecimento da vida escolar do aluno ao mesmo tempo em que apresenta, amplia e pratica as habilidades associadas direta ou indiretamente ao aprendizado da língua. É um belo caminho, uma trilha no nível adequado aos seus exploradores, merecedora, sem dúvida, do título de inesquecível.

Milena Claus
Fundadora da YouZ Sistema de Ensino Bilíngue, Pedagoga graduada pela Universidade de São Paulo (USP), pós-graduada em Psicopedagogia Educacional. English teacher e Coordenadora de Ensino nas principais escolas de idioma do país.