Há variados tipos de massa. Há a massa comprida e a massa mais curta. Há a massa lisa e a massa listrada. Há a massa com ovos e a massa de farinha de trigo (ultimamente voltou a moda usar farinhas de variados tipos, como a farinha integral). Cada massa tem o “próprio” molho que combina com o formato que rende ainda mais agradável cada bocado de massa. Uma coisa é certa, a massa deve ser sempre comida ao dente! No gostoso mundo da massa há a “caçula” das massas: a “pastina”.

A “pastina” é usada para enriquecer os caldos, as sopas e os cremes de verduras e legumes.

 

  • O conselho de comer a massa ao dente, ou seja, nem muito mole e nem muito dura, ajuda na digestão.

pasta copia pasta2 copia

 


1959522 5157900

Angela Mela
Angela Mela, nasceu no Rio de Janeiro, filha de mãe romana e de pai imperiense. Em casa, vivenciou os mais diferentes comportamentos da cultura de Roma (Lácio) e de Imperia (Ligúria). É autora da Disal Editora, com dois títulos publicados, “Italiano na Cozinha” e o vencedor do prêmio Gourmand de 2014, “Emoções na Cozinha”.
Estudou Direito em Roma, mas sempre com a cabeça na cozinha. Em 2004, obteve o diploma de chef de cozinha em Roma. Viveu por 12 anos em São Paulo dando aulas de língua e cultura italiana, incluindo muitas sobre a tradicional cozinha caseira italiana. Atualmente vive em Roma, tem um blog de culinária – www.italianoincucina.it -, dá aulas de culinária italiana, faz palestras sobre a história da cozinha italiana e promove roteiros gastronômicos na cidade de Roma e arredores. Tem duas paixões na vida: a cozinha e os cachorros!