Uma curta nota sobre assédio sexual na revista Time de Dec26/16-Jan2/17, sob “LAW – Where Catcalling is criminalized” de Tara John, informa que em Buenos Aires, soltar “catcalls” é agora passível de punição legal.  Termina afirmando que a capital portenha tornou-se “… just the latest locale to call out calling out”.

São vários os significados de CALL OUT:  chamar/gritar/dirigir-se em voz alta; ligar avisando que não irá, cancelar algum compromisso (por doença: to call in sick);  desafiar, chamar para a briga; fazer troça, ridicularizar; repreender, “dar uma dura em alguém”, “apertar”, colocar em situação difícil. Esses últimos são o mesmo que “put someone on the spot” – thanks, Bill Tetrault.

Sempre tendo em vista o contexto, temos que CALLING OUT, conforme a “mensagem” disparada em voz alta, é o mencionado CATCALLING: cantada ou gozação rude ou divertida, de mau gosto ou até mesmo galante, com ou sem assobios e outros ruídos.  No Brasil todos sabem o que é “MEXER COM MULHERES QUE ESTÃO PASSANDO NA RUA”.

Em tradução livre, ficamos sabendo que Buenos Aires tornou-se o mais recente local a COLOCAR NA MIRA DA LEI quem SOLTA GRACINHAS, “MEXE” com os passantes.

~*~*~

Some current real life examples extracted from the internet with “TO CALL OUT” meaning “TO PUT SOMEONE ON THE SPOT”:

  • “I hate the press. Always calling me out for my lies” (a politician, somewhere in the world).

“Others called out the new POTUS’ poor command of the English language…”. (POTUS = President of the United States).

  • Calling out someone on their bad behavior can be a big deal – especially for the target. First, figure out exactly what is bothering you. Only then can you point out where the problem lies.  Sort things out first.” (*)

 

*Esse ultimo exemplo foi montado com trechos da página  “How to productively call people out on their bullshit (without being an asshole)” de Adam Dachis.

Além de call out e put on the spot nos contextos acima, os interessados em expandir seu vocabulário podem também adicionar:

– Figure out125 = entender, chegar à conclusão;

Point out273 = indicar, fazer notar;

Sort out324 = acertar, ordenar ideias, definir, arrumar (até “separar correspondência” –  depende do contexto).

Os números sobrescritos indicam a página em AllTogether com mais significados e exemplos.

~*~*~

*Lit Out *

Em propaganda de objetos domésticos, numa almofada estava escrito:  Lit Out.

To light, lit, lit + OUT = gíria, uso informal, antigo.

–  Light out of someplace for someplace = Cut out for = “se mandar”, “sair chispando”

LIT OUT = fui, me mandei, sumi, dei no pé, etc.

“…so, when I couldn’t stand it no longer I lit out.” = “… assim, quando já não aguentava mais, dei no pé.” (Mark Twain, “The Adventures of Huckleberry Finn”).

~*~*~

There is no way out of Reading.

Termina aqui a série de posts focados em OUT. A próxima partícula pode ser TO,  OFF ou IN, para antes das férias de julho.

Ana Masako Haraguchi
Ana Masako Haraguchi, 69, fez Tradução e Interpretação na Associação Alumni, tradutora pública do idioma inglês, deu aulas particulares e trabalhou em multinacionais. Autora dos livros “Preposições e Partículas Adverbiais” e “Glossário AllTogether”.