Como lidar com as variações linguisticas no ensino de línguas estrangeiras?

Cada professor tem uma opinião sobre o assunto; alguns preferem apresentar a linguagem coloquial desde o início da aprendizagem, outros preferem esperar que os alunos tenham um nível mais avançado.

Não há verdades absolutas e nem mesmo uma opinião definitiva, mas me parece interessante que o professor apresente em um primeiro momento a norma culta da língua, já que ela pode ser usada em diversas situações de comunicação, trabalho e estudo.

Entretanto, em um segundo momento, o aprendizado da linguagem coloquial tem sua importância, principalmente após um prévio conhecimento das estruturas básicas, para que, os estudantes consigam entender os meios de comunicação mais populares, sabendo distinguir as situações.

Conhecemos a importância de saber usar a língua de forma adequada, adaptando-a às diversas situações de comunicação.

Ao contrário do que muitos pensam, as variações linguísticas, são abordadas em diversas publicações.

Alguns exemplos:

Livro de inglês – Global upper intermediate – student s book and eworkbook

global

global1

 

Livro de português – Vocabulário em contexto

 

vocabulario

2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Livro de francês – Décibel 3 livre + cd mp3 + dvd (a2.2)

decibel

3

Luciana Canonico Cruz
Luciana Canonico Cruz, professeur de français depuis 1998. Mastère – Spécialisation en Langue Portugaise – Universidade Metodista. Licence – Multimédia Digital –Unisul. Cours supérieur de français – Langue et Littérature Françaises – Université de Nancy -1ère année – Alliance Française. Cours de didactique – Alliance Française. Dalf C2.