Resumo: Como podemos desenvolver o uso de palavras no ensino de idiomas? Será que podemos envolver nossos alunos para que ampliem o vocabulário?

Neste post irei compartilhar algumas ideias que surgiram em aulas de inglês que tenho ministrado.

Lecionando pessoas de várias idades, pude perceber ao longo desses anos como professora de inglês, como é importante a maneira pela qual transmitimos o vocabulário aos alunos.

Tenho observado neste tempo todo que quanto maior o número de associações em relação a uma palavra o aluno tiver, melhor será sua assimilação.

Pensando dessa forma, vejo que existem materiais excelentes para que isso aconteça, e um deles é o que chamamos de “ graded readers” ou livros de leitura simplificados.

Existe uma coleção enorme de livros como esses no mercado, de várias editoras e alguns deles até oferecem um CD que narra toda a história.

Como são simplificados, o professor pode escolher desde o nível básico (com estruturas no presente) até o nível adiantado.

Os livros de leitura costumam ser ilustrados, o que ajuda bastante o aluno a entender a história.

É incrível notar como os alunos desenvolvem a fluência também ao discutir um livro como esse. Podemos usar as ilustrações para fazer com que o aluno conte o que leu, empregando o vocabulário de maneira contextualizada.

Já trabalhei em escolas de idiomas e algumas delas desistiram de usar esse recurso fabuloso por “falta de tempo” ou “falta de interesse dos alunos”. Tenho ouvido relatos de professores comentando que, em geral, precisam cumprir um programa na escola em que trabalham e qualquer tipo de atividade extra pode “atrasar” o andamento das aulas.

No entanto, acredito que se o professor abrir espaço para discussões baseadas em livros de leitura, por exemplo, os alunos irão adquirir mais ferramentas que irão facilitar a assimilação do idioma e desenvolvimento do vocabulário.

Existem livros de leitura tão bem elaborados que alguns oferecem além da história, aquecimentos e atividades de compreensão para fazer com que o aluno pratique bem o idioma de maneira interessante e consistente.

O “graded reader” de Jack Scholes “The Coconut Seller”- Intermediate Helbling Readers é um excelente exemplo de material para ser usado em cursos de inglês.

Neste livro existem várias atividades de aquecimento, de compreensão e tópicos a serem discutidos baseados na história.

Além disso, em cada página, há um glossário com as palavras ou expressões mais complexas.

Estudar o idioma a partir de um livro rico como esse pode ser muito divertido e produtivo.

Uma outra maneira de transmitir e trabalhar o vocabulário em aulas de idiomas é através da ilustração ou imagem.

É possível aprender a desenhar (você pode obter informações pelo meu e-mail marifa2006@terra.com.br ) e tornar as aulas mais interessantes. Por meio do desenho o aluno será capaz de expressar-se com mais desenvoltura, e o próprio professor pode desenhar ou usar imagens ao explicar certas palavras.

Como você pode notar, caro(a) professor(a) de idiomas, existem formas diversificadas de transmitir o vocabulário. Posso garantir que se você usar recursos como os descritos acima suas aulas irão tornar-se mais significativas e prazerosas.